Retenção na Fonte

Definição de Retenção na Fonte

A Retenção na Fonte é um mecanismo instituído pelo sistema fiscal português através do qual o Estado reserva parte dos vencimentos de todos os trabalhadores por contra de outrem ou trabalhadores que prestem serviços e que não estejam abrangidos pelo regime de isenção.

Taxa de Retenção na Fonte

Os valores de retenção na fonte cobrados pelo Estado são determinados anualmente pelas Tabelas de Retenção na Fonte. Trata-se de um documento validado pela Assembleia da República no momento da elaboração do Orçamento de Estado. Existe uma tabela aplicável ao Continente, outra aplicável à Região Autónoma dos Açores e por fim uma terceira tabela aplicável à Região Autónoma da Madeira.

Retenção na Fonte – Wisedat Comercial

Quando estabelece relações comerciais com clientes/fornecedores que fazem retenção na fonte, ou tem serviços que estão sujeitos a este regime, deve ter em conta as seguintes parametrizações.

Menu Sistema

1º – Aceder a Sistema | Preferências | Separador Gerais ativar a opção, “A empresa fornece serviços que podem estar sujeitos a retenção”:

Quando seleciona a opção: “Sugerir a retenção na fonte na criação de artigos (serviços)”, por omissão aparecerá com um visto na ficha do artigo.

Gestão dos Tipos de Rendimento

Tendo em conta que os valores percentuais da Retenção do Fonte são alterados anualmente, é importante que mantenha os valores atualizados. No navegador lateral aceda a Tabelas | Outras Tabelas | Tipos de Rendimento e selecione um dos itens e pode alterar os diversos campos relativos a cada tipo de rendimento:

Ficha de entidade

2º – Abrir uma ficha de entidade e no separador Retenções deve ativar a opção, “Efectuar retenção estado” e indicar o tipo de rendimento:

Ao clicar no drill-down Tipo de Rendimento, pode alterar o valor percentual da categoria em questão.

Ficha de Artigo (Serviço)

3º – Criar um novo serviço (Novo artigo) ou abrir a ficha do serviço e ativar a opção, “Sujeito a retenção”:

Último passo:

  • Criar um novo documento, por exemplo, uma fatura;
  • Indicar o cliente e surgirá o separador Retenção no cabeçalho;

No separador Retenções pode retirar o visto, “Efectuar Retenção”, alterar o Tipo de Rendimento e a percentagem.

Nos totais do documento é possível verificar o valor retido:

Se sua empresa fornece serviços que podem estar sujeitos a Retenção na Fonte, deve criar uma série de documentos própria.

 

Saiba mais: Configurar o Campo Retenção na Fonte nos Talões POS e Série de documentos.

 Vendas & Clientes    
top