Importação de clientes ou fornecedores através de CSV

Importar Dados

Importar dados é uma funcionalidade bastante útil, pois facilita o processo de inicialização ao sistema Wisedat, através da inserção na base de dados de clientes, artigos ou fornecedores provenientes de fontes externas.

Através do Wisedat Comercial pode importar de dados a partir de ficheiros SAFT (PT) ou ficheiros CSV (Comma-Separated Values).

Ficheiro CSV

Exemplo de ficheiro CSV

O CSV é um ficheiro de texto separado por ponto e vírgula (;) e quebras de linha (Enter), para separar os valores:

CSV – Clientes

Cuidados a ter ao editar o ficheiro CSV:

  • Caso esteja a editar a partir de um ficheiro Excel será conveniente remover todas as colunas/células desnecessárias;
  • Todos os campos possíveis de importar/atualizar podem ser gerados a partir do CSV, à exceção dos campos fornecedor e armazém, estes necessitam de estar criados na base de dados, no entanto pode ser utilizado o nome do fornecedor no CSV que o importador encontra o código;

Importação CSV (Comma-Separated Values)

No Wisedat Comercial no Menu Sistema | Importar | Importar CSV:

  1. Indicar o ficheiro CSV a importar, selecionar a tabela destino: Artigos; Clientes ou Fornecedores;
  2. Indicar as opções de separador, validar o parâmetro “Primeira linha tem o nome das colunas”.

Clicar em próximo.

Atualização/Importação de colunas

As colunas que podem ser importadas e posteriormente ser editadas são:

Código de cliente; Nome; NIF; Morada; Código Postal; Localidade; E-mail; URL; Telefone; Fax; Observações; Distrito; País; NIB; Telemóvel.

Grelha de pré-visualização

Nesta grelha pode pré-visualizar os dados extraídos do ficheiro:

Clicar em próximo.

Relação entre campos

Neste passo deve estabelecer a relação entre as colunas CSV e a tabela selecionada:

  • Serão apresentadas as colunas do ficheiro CSV (lado esquerdo) e as colunas da tabela seleccionada (lado direito). Ao centro é estabelecida a relação entre as colunas CSV e as colunas da tabela;
  • As colunas obrigatórias (código, nome e NIF) que devem ser preenchidas na tabela destino e são selecionadas automaticamente;
  • Selecionar as colunas do ficheiro CSV (pode fazer duplo-clique no item da lista) que estão relacionadas com as colunas obrigatórias da tabela e estabelecer a relação entre as diversas colunas existentes.

Clicar em próximo.

Registos a importar

Na janela  seguinte apresentam-se os dados extraídos do ficheiro para que possa validar a sua correta extração:

Algumas considerações:

  1. Esta grelha possui os dados extraídos do ficheiro e submetidos a um processo de validação de dados;
  2. São validados códigos de clientes, os números de contribuinte, para verificar se já existem na base de dados, devidamente validados;
  3. Em caso de erros deve editar a célula com o erro e corrigir o valor. Em alternativa poderá retirar o registo da importação;
  4. No caso de não deter um ou mais dados referentes aos campo importados, estes devem estar vazios.

Clicar em próximo e Terminar.

Após a importação

Quando termina a importação aceda à listagem de clientes, atualize e verifique todos os dados importados:

Após o processo de importação de clientes, aceda à listagem de clientes, atualize e verifique os vários campos importados.

Menu Contexto

De modo a facilitar o processo de seleção existe um menu de contexto, que permite:

i) Selecionar ou anular a selecção de todos os registos;
ii) Inverter a seleção existente;
iii) Limpar selecção, com ou sem erros;
iv) Mostrar todas as linhas, ou apenas com erro.

Após, todos os dados validados poderá prosseguir com a importação e concluir o processo.

 WISEDAT Comercial    
top