Margem de lucro, preço de venda, preço de custo último, PCMP, FIFO… Conheça as diferenças!

Neste artigo iremos procurar expor as características fundamentais de cada um dos tipos de preços existentes no WISEDAT, de forma a perceber como é que o cálculo é feito, assim como quais os aspetos que terá de ter em consideração na hora de parametrizar o preço de venda e margem de lucro.

Preço de Venda

O WISEDAT permite o calculo automático do preço de venda unitário 1 do artigo pela margem de lucro definida na ficha de artigo e um dos seguintes preços.

  • Preço de Custo do Artigo ou Fornecedor;
  • Preço Custo Médio do Artigo;
  • Preço Custo Padrão do Artigo;
  • Preço de Referência do Fornecedor;
  • Preço Última Compras do Fornecedor;
  • Preço Unitário de 1 a 5.

Pode definir cinco preços de venda diferentes por cada artigo. As margens só serão consideradas nos cálculos se o preço de custo padrão estiver definido.

Nota: A coluna margem deve estar incluída na grelha dos documentos de fornecedores.

Margem de lucro

Assim como definir a margem de lucro a obter a partir de um dos seguintes Preços de Custo:

  • Último;
  • Médio;
  • Padrão.

Utilizando a formula de cálculo Margem de lucro ou Markup.

Para mais informações, por favor consulte o seguinte tópico de ajuda: Como parametrizar margens de lucro.

Preço de Custo Médio

O Preço de Custo Médio ou PCM corresponde na prática ao valor médio de custo das entradas dos artigos em stock, e tem como principal objetivo para a empresa o controlo do preço de custo versus o preço de venda dos artigos.

No WISEDAT o PCM é calculado da seguinte forma: PCM = Somatório (Preço Custo x Quantidade de entrada) / Somatório (Quantidade de entrada).

Preço de Custo Médio Ponderado

O método de Preço Custo Médio Ponderado ou PCMP é um método de custeio de produtos que está disponível em diversos relatórios no WISEDAT.

Para o cálculo deste preço é feita uma média entre as unidades que entram de um artigo e o respetivo preço.

No WISEDAT o PCMP é calculado da seguinte forma: [(Stock Atual x PCMP atual) + (Stock Entrada x Preço Entrada)] / (Stock Atual + Stock Entrada).

Quando o stock do artigo é igual ou menor que 0 unidades, ao efetuar uma nova entrada de stock em armazém, o preço de custo médio ponderado será igual ao custo do artigo dessa entrada, no entanto, se após essa entrada o valor do stock continuar a não ser positivo, o preço de custo médio ponderado mantém-se igual a 0€.

Quando se trata de um serviço, não existe cálculo para o preço de custo médio ponderado.

Preço de Custo Último

O Preço de Custo Último ou PCU é calculado de forma automática pelo WISADAT, tendo por base o registo do último documento de fornecedor, pelo que não é suscetível de alteração manual.

Preço de Custo Padrão

O Preço de Custo Padrão ou PCP está relacionado com o método de custo utilizado pela contabilidade interna. Este custo é calculado de forma previsional e estabelecido como sendo de rigorosa normalidade para os padrões da produção. Com o tempo vão sendo atualizados conforme a sua realidade e em comparação ao método de custeio por absorção. Assim sendo, este campo não é calculado de forma automática pelo WISEDAT, podendo ser preenchido pelo utilizador, constitui também um critério de valorização do Inventário, a comunicar anualmente à Autoridade Tributária.

Para mais informações entre em contacto connosco!

top