8 razões para investir numa Loja online

Por quê uma loja online?

É uma realidade, o comércio online em Portugal está expansão, são cada vez mais as pessoas que fazem as suas compras online. Se em 2013 eram gerados 2,63 milhões de vendas, em 2018 o valor mais que duplicou, passou para 5,60 milhões.

Por que é que há cada vez mais pessoas a optar por ECommerce?

Pois possui inúmeras vantagens, entre as quais destacamos:

  • Comodidade;
  • Privacidade;
  • Partilha de experiências e opiniões;
  • Preços competitivos;
  • Campanhas exclusivas;
  • Acesso ao histórico de compras, conta-corrente, etc. 

8 vantagens para o seu negócio

  1. Está onde estão os seus clientes;
  2. Risco financeiro e custos reduzidos;
  3. Alcance mundial;
  4. Aberto 24h/dia – 365 dias por ano;
  5. Horário flexível e possibilidade de trabalhar através de qualquer local;
  6. Maior rentabilização do stock;
  7. Menor esforço operacional;
  8. Custo de publicitar online é menor e tem maior alcance geográfico.

Alguns pontos a ter em consideração

Tal como acontece com o comércio tradicional, o comércio online também tem algumas desvantagens. Por isso, precisa de estar atento para que as possa contornar da melhor forma. Por exemplo, é impossível experimentar artigos de ECommerce, a maior parte das vezes são cobrados custos de envio, o tempo de espera é naturalmente maior. No que toca à devoluções, a dificuldade acresce, as formas de pagamento nem sempre são acessíveis a todos os potenciais compradores e há sempre a probabilidade de danificar o artigo na entrega ou haver atrasos.

No entanto, todos estes cenários são contornáveis, e é sempre possível manter o cliente satisfeito, mesmo que haja algo que corra menos bem. Aplicando um desconto numa próxima compra, oferecendo um pequeno brinde, ou simplesmente enviar um pedido de desculpa mais formal a explicar porque é que a experiência do cliente não foi tão positiva Aqui dê aso a sua imaginação e tente surpreender os seus clientes da melhor forma.

Implemente a sua loja online tendo em consideração os seguintes aspetos

Aspeto Descrição
ProdutosDefinição do produto/serviço e custos associados, analise o público-alvo e concorrência
Integração de SistemasProcure um sistema que dê resposta aos seguintes cenários:
  1. Stock disponível em tempo real;
  2. Produtos criados ou alterados em ERP são sincronizados com a loja online;
  3. Automatização de processos;
  4. Redução de investimento em recursos humanos;
  5. Emissão automática de faturas;
  6. Estorno nas devoluções;
  7. Integração automática com lojas online.
LogísticaTenha em consideração os seguintes aspetos: Entrada, Armazenamento, Embalagem e Transporte
TransportesPaíses e parceiros de entrega.
Métodos de pagamentos
  1. Referência multibanco (o método mais utilizados em Portugal);
  2. Visa;
  3. Paypal;
  4. Cash on delivery;
  5. Pay later;
  6. Outros métodos offline de pagamentos online.  
Serviço ao Cliente
  1. Política de troca e privacidade;
  2. Vários métodos de contacto;
  3. Questões frequentes (FAQ).
Plataforma ECommerceEscolha uma plataforma que permita dar resposta às suas necessidades, que contemple:
  1. Número de produtos substancial;
  2. Integrações;
  3. Volume de negócios esperado;
  4. Funcionalidades;
  5. Línguas, Moedas e Mercados;
  6. Escalabilidade do negócio; 
  7. Orçamentos disponível. 
Estratégia de Marketing DigitalProposta única de valor.

WISEDAT for Magento

A WISEDAT poderá ajudá-lo nalguns pontos apresentados, pois disponibilizamos o WISEDAT for Magento que permite uma automatização do processo da venda online. Permite que a gestão da loja online seja praticamente efetuada no lado do WISEDAT, poupando largas de horas no processamento de encomendas, no controlo de stocks, na criação de artigos (simples e compostos), categorias, imagens, actualização de preços, envio da fatura PDF para a área de cliente, etc.

Experimente o WISEDAT com o conector WISEDAT for Magento, durante 30 dias, sem qualquer compromisso.

WISEDAT API

Caso pretenda sincronizar o WISEDAT com outra plataforma E-Commerce pode utilizar a WISEDAT API, disponível para as edições Professional e Advanced. Saiba mais.

Legislação para ECommerce

Tal como acontece no comércio tradicional é necessário que tenha em consideração alguns aspetos legais, portanto aconselhamos que faça uma leitura atenta ao Decreto-lei 24/2014, de 14 de fevereiro, dando destaque aos artigos:

  • Artigo 7º – (…) é obrigatória a indicação, de forma clara e legível, (…), da eventual existência de restrições geográficas ou outras à entregas e aos meios de pagamento aceites. 
  • Artigo 10º – O consumidor tem o direito de resolver o contrato sem incorrer em quaisquer custos, (…), e sem necessidade de indicar o motivo, no prazo de 14 dias (…). 
  • Artigo 11º – (…), o fornecedor de bens ou prestador de serviços, acusa, no prazo de 24 horas, ao consumidor a receção da declaração de resolução em suporte duradouro. 
  • Artigo 12º- 1 – No prazo de 14 dias, (…) o fornecedor de bens ou prestador de serviços deve reembolsar o consumidor de todos os pagamentos recebidos, incluindo os custos de entrega do bem nos termos no nº2 do artigo 13º.
  • Artigo 12º- 2 – O reembolso dos pagamentos deve ser feito através do mesmo meio de pagamento que tiver sido utilizado pelo consumidor na transação inicial, (…).
  • Artigo 12º- 3 – O fornecedor do bem não é obrigado a reembolsar os custos adicionais de entrega quando o consumidor solicitar, expressamente, uma modalidade de entrega diferente (…).
  • Artigo 17º – 1 – Salvo acordo das partes em contrário, o consumidor não pode resolver livremente contratos de: c) Fornecimento de bens confecionados de acordo com especificações do consumidor ou manifestamente personalizados.

    Quero experimentar já!

Aguardamos o seu feedback! Para mais informações contacte-nos.

Tags

top